Ceiça, Anápolis – GO

Ceiça-847x1024

Maria da Conceição de Souza nasceu e foi criada em Paulo Afonso-BA, é a terceira, dos cinco filhos dos seus pais. Sendo filha de pais católicos praticantes, foi instruída desde pequena a seguir a mesma religião. Aos 15 anos se converteu e começou a trabalhar com muita dedicação e entusiasmo na igreja da qual faz parte até hoje, a Igreja Batista Central em Paulo Afonso. Exerceu diversos cargos na igreja, nos departamentos e na mocidade. Participou de muitos congressos, retiros e acampamentos, onde aprendeu muito sobre a vida com Deus.

Através das inúmeras programações de Missões que participou na igreja, Deus foi aos poucos falando com ela, e quando percebeu já estava decidida a ingressar no Instituto Bíblico e Missionário Macedônia, próximo a Recife. Fez o treinamento missionário e o curso linguístico da Missão Novas Tribos do Brasil, da qual faz parte hoje.

Em julho de 1997 saiu rumo ao estado de Rondônia para trabalhar com o povo Pacaas Novos. Em Manaus, no ano de 1999, recebeu o convite para trabalhar no escritório, na área de contabilidade. Trabalhou ali por nove anos e meio. Em novembro de 2008 foi para a cidade de Anápolis-GO para ajudar na sede geral da Missão.

Dentre as muitas atividades rotineiras do seu ministério estão: fazer lançamentos contábeis, conferir extratos, fazer xerox, scanear e arquivar documentos, preparar relatórios e encaminhar para a liderança, atender os colegas em outras pequenas responsabilidades, fazer lançamentos de cobranças e de créditos, etc… Este trabalho na sede é de grande importância para que a Missão possa funcionar como instituição filantrópica, e ter todas as documentações exigidas pelo governo, e assim os irmãos que estão na linha de frente (nas tribos) podem atuar livremente, contando com o nosso apoio na retaguarda, do mesmo modo como os irmãos nas igrejas estão trabalhando para segurar as cordas de todos nós que estamos totalmente envolvidos neste trabalho, com o objetivo de ganhar almas para Cristo.

“Permaneço com o mesmo alvo do começo: Fazer a vontade de Deus para a sua Glória, no lugar que Ele quizer, como Ele mandar, no tempo que Ele determinar. Tendo sempre a Sua paz como árbitro no meu coração”.