EVIDENCIAR O REINO

2 de julho de 2017
02-07

 “… e indo, pregai, dizendo: o reino do céu chegou” – Mateus 10.7

Em Gênesis, Deus criou todas as coisas através de Sua Palavra. E é também a voz de Deus que gerou a Igreja. Eu, você e nossos irmãos espalhados pelo mundo fomos gerados pelo evangelho, pelo anuncio da boa notícia do Pai em Jesus Cristo. É no evangelho de Jesus que somos. É pelo evangelho de Jesus que existimos.

Mas, que boa notícia é essa? Como podemos anuncia-la hoje?

Em Jesus Cristo Deus fala de uma nova realidade, uma nova criação. O evangelista Mateus chama essa novidade de “reino dos céus”. E nos mostra que este reinado não se referia a um lugar aonde o povo de Deus vai depois da morte. Não. O reino dos céus não é estático, nem um espaço futuro, mas é a dinâmica do próprio Deus reinando, um modelo celestial de reinado, a vontade de Deus sendo “feita na terra, como nos céus” (Mt.6.10). Essa é a boa notícia: O reino dos céus chegou! Deus é reinante com poder em Jesus Cristo.

Este foi o tema principal da pregação de Jesus (Mt. 4.17; 4.23) e em tudo que fez demostrou que o novo tempo estava surgindo. Jesus expressa de forma tão profunda esta boa notícia que podemos afirmar que Ele é o próprio evangelho. Jesus é o reino dos céus.

Este homem de Nazaré percorria as cidades, povoados, acolhendo as pessoas, lhes dando atenção, tocando-as, olhando em seus olhos, as orientando, curando e amando-as. Ele demonstrava com seu jeito de ser e por meio das Escrituras que Deus, diferente do que o judaísmo de sua época apresentava, não era excludente e legalista, mas se compadecia dos pecadores e veio para salvá-los.

Na cruz comunicou – de forma ainda mais forte – o esplendido amor de Deus, que vence não por meio da violência, mas da entrega. E em sua ressurreição mostrou a todos a força desta atitude, vencendo o poder da morte.

Está consumado, o reino chegou!

Jesus nos comunicou o reino dos céus, sendo Ele mesmo o próprio reino, Ele mesmo é a vontade do Pai “feita na terra como no céu”, Ele é a boa notícia à humanidade. E foi esta Palavra – Jesus – que nos criou como Sua Igreja. Foi nesta nova realidade que nascemos. Somos criados em Jesus, a excelente notícia divina.

Por ter criado um novo reino e sendo nosso Senhor, Ele nos ordena a viver conforme Seu reinado e vai a nossa frente, para que sigamos seus passos (IPedro 2.21).

A Igreja comunica essa nova realidade, antes de tudo e primordialmente vivendo-a. A Igreja comunica o evangelho, antes de tudo e primordialmente vivendo-o. A igreja anuncia o reino, antes de tudo e primordialmente, vivendo-o, concretizando a vontade de Deus na terra como é feita nos céus.

Hoje, eu, você e todos aqueles que creem em Jesus devem viver expressando a Palavra de Deus que, assim como narrado em Gênesis, cria novas coisas e organiza o caos. Nosso estilo de vida, seguindo a Jesus, pode (e precisa) gerar o mesmo impacto que Ele gerou em seu contexto.

A soberana Palavra de Deus que age na história desde a eternidade, que se manifestou inaugurando o reino em Jesus Cristo e criando a Igreja, é a base para nossa vida hoje. Saiamos anunciando o reino.