TUA ALMA VIVERÁ

12 de setembro de 2016
sem-titulo-1

“Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente.” Gn 2:7

Vida é o que Deus sempre quis para o homem, o qual criou a sua imagem e semelhança. Mesmo que o homem tenha pecado e se afastado de Deus, este plano inicial não mudou. A prova disso, foi que Deus enviou o seu Filho ao mundo para nos dar vida, e vida em abundância! “Ele vos deu vida, estando vos mortos nos vossos delitos e pecados” Ef 2:1

Para desfrutar desta vida abundante duas coisas precisam acontecer: arrependimento e quebrantamento.

Arrependimento é sentir uma profunda tristeza pelo pecado cometido e abandoná-lo. É metanóia, mudança de mente e de propósito.

Quebrantamento é a consciência esmagadora da Grandeza, Soberania, Onipotência, Santidade e Domínio de Deus sobre tudo que existe. É reconhecer a nossa pequenez, insignificância e dependência absoluta da Sua graça. É olhar para dentro de si e ver-se tão indigno, restando apenas humilhar-se. É clamar intensamente por compaixão e misericórdia. É entregar-se profundamente a Deus como um rio ao mar.

É ter o mesmo sentimento que houve no profeta Isaías quando exclamou: “Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!” Is 6:5. É ter a mesma atitude e percepção de Pedro quando prostrado aos pés de Jesus disse: “Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador.” Lc 5:8. É olhar para dentro de si mesmo e enxergar o que Paulo enxergou: “Miserável homem que eu sou, quem me livrará do corpo desta morte?” Rm 7:24

Pessoas arrependidas e quebrantadas experimentam um grande avivamento.

Isaías tornou-se o maior profeta messiânico, esteve presente no exílio babilônico com uma mensagem de juízo, esperança e restauração da parte de Deus.

Pedro tornou-se um grande expoente e praticante dos ensinamentos de Cristo. A presença do Espírito Santo era tão evidente na vida deste homem, que por onde ele passava, até mesmo a sua sombra curava as pessoas (At 5:15).

Com o apóstolo Paulo não foi diferente. Implantou diversas igrejas na Ásia Menor, curou e libertou a muitos, venceu cadeias e prisões, e hoje é conhecido como o apóstolo dos gentios.

Cremos que o avivamento é a vontade de Deus e uma profunda necessidade da igreja contemporânea. Por esta razão, é que anualmente realizamos o Tua Alma Viverá, com o propósito de louvar, adorar e clamar a Deus para que haja um verdadeiro avivamento em nossas vidas, em nossa igreja, em nossa cidade, no Brasil e no mundo! Aviva Senhor a Tua obra!

Pastor: Everson Faustino